Papa diz que é preciso ajudar o homem a descobrir a arte de viver


“Em um mundo em rápida mudança, é preciso ajudar o homem a descobrir, juntamente com o sentido da vida, a própria arte de viver.” A afirmação foi feita pelo Papa Bento XVI no final da Catequese desta quarta-feira, 7, ao saudar os peregrinos de língua portuguesa.

Na saudação o Papa fez referência a um Simpósio que acontecerá no Rio de Janeiro nesta quinta, 8, e sexta-feira, 9. “Saúdo os Reitores, Professores, Autoridades e estudantes das diversas Universidades que amanhã, no Rio de Janeiro, começam o Simpósio sobre ‘Humanização e Sentido da Vida'”.

O evento, II Simpósio sobre o Pensamento de Joseph Ratzinger, é organizado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), pela Fondazione Vaticana Joseph Ratzinger – Benedetto XVI e pela Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro.

O site do Simpósio afirma que o evento consolida, ainda mais, o lugar relevante que a reflexão da fé precisa ocupar, no meio acadêmico e cultural, contribuindo para que o pensamento teológico (especialmente o de Joseph Ratzinger) demonstre sua importância no construir e no caminhar da sociedade atual, ajudando-a a refletir sobre si mesma.

Ao final da saudação, o Papa desejou “que os trabalhos destes dias mostrem como a razão, iluminada pela fé, é capaz de alargar o seu horizonte para enfrentar, com alegria, os grandes desafios da vida”.

Na íntegra: Saudação do Papa em português

“Queridos irmãos e irmãs, o homem traz dentro de si um misterioso desejo de Deus. E embora muitos dos nossos contemporâneos possam objetar que não sentem tal desejo, este não desapareceu completamente do seu coração. Na verdade, por detrás dos mais diversos desejos que o movem, esconde-se um desejo fundamental que nunca está plenamente saciado. O homem conhece bem aquilo que não o sacia, mas não pode imaginar nem definir o que lhe faria experimentar aquela felicidade de que sente nostalgia no coração. O homem é um ‘mendigo de Deus’ e, só em Deus, encontra a verdade e a felicidade que procura sem descanso. Por isso, não se trata de sufocar o desejo que está no coração do homem mas de o libertar, a fim de que possa alcançar a sua verdadeira altura.

Saúdo cordialmente todos os peregrinos de língua portuguesa, em particular os fiéis brasileiros da paróquia Nossa Senhora da Penha e o grupo da diocese de Porto Alegre, para todos implorando uma vontade que procure a Deus, uma sabedoria que O encontre e uma vida que Lhe agrade. São os meus votos e também a minha Bênção.

Saúdo os Reitores, Professores, Autoridades e estudantes das diversas Universidades que amanhã, no Rio de Janeiro, começam o Simpósio sobre ‘Humanização e Sentido da Vida’. Em um mundo em rápida mudança, é preciso ajudar o homem a descobrir, juntamente com o sentido da vida, a própria arte de viver.

Faço votos de que os trabalhos destes dias mostrem como a razão, iluminada pela fé, é capaz de alargar o seu horizonte para enfrentar, com alegria, os grandes desafios da vida.”

noticias.cancaonova.com/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s